7 dicas para fazer um cardápio impossível de ser ignorado

A comida do seu estabelecimento pode ser muita boa mas se você não souber apresenta-la para seus clientes pode ter uma grande decepção nas vendas. O cardápio para bares e restaurantes é o mais importante cartão de visitas que você terá a sua disposição. Capriche na hora de fazê-lo!

Para te ajudar na hora de criar o seu cardápio perfeito montamos uma lista de dicas super bacanas que irão com toda certeza deixar os seus clientes com muito mais vontade de experimentar a sua comida. Continue acompanhando.

7 dicas para fazer o melhor cardápio para bares e restaurantes

  1. Seja coerente no design
  2. Tenha muito cuidado com o português
  3. Use e abuse de fotos
  4. Seja inteligente com a exibição dos preços
  5. Pense na diversificação dos públicos
  6. Estruture seu cardápio
  7. Use a tecnologia em seu favor 

Seja coerente no design

Se o seu restaurante ou bar é um ambiente mais descontraído e leve não tem porque investir em um cardápio sofisticado. Da mesma forma, não adianta fazer um cardápio todo “moderninho” se você é dono de um restaurante mais chique e com uma pegada mais tradicional. Seja coerente na hora de identificar a proposta do seu estabelecimento e imprima isso no cardápio. Preze sempre pela simplicidade e fluidez do cardápio, independente do estilo do estabelecimento, e opte por cores que dialoguem com a logo ou com a decoração do espaço.

Tenha muito cuidado com o português

Imagina como deve ser frustrante para um cliente ler um cardápio cheio de erros de ortografia ou concordância?  Fique atento na hora de escrever as opções do cardápio ou revise caso outra pessoa for escrever em seu lugar. O mesmo vale para cardápios escritos em outras línguas. Se for o caso, contrate alguém especializado para não cometer nenhum erro.

Use e abuse de fotos (DE BOA QUALIDADE)

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. Em um cardápio para bares e restaurantes não é diferente. Para o cliente é muito mais interessante ler as opções do menu quando elas estão acompanhadas de imagens.  Mas atenção: capriche nas fotos e seja realista. Tente valorizar os pratos e cuide para as fotos terem boa qualidade. Fotografia ruins podem causar efeito contrário e fazer com que o cliente desista do pedido. Ao mesmo tempo, não tente vender um produto que não exista. Um cliente decepcionado é a última coisa que você precisa.

Clique aqui e leia o nosso artigo sobre fotografia de alimentos para aprender a tirar fotos irresistíveis para o seu cardápio.

Seja inteligente com a exibição dos preços

É muito comum nos restaurantes e bares colocar os preços separados por pontos no canto direito do cardápio, logo após a descrição dos pratos. Não faça isso! Esse tipo de estruturação faz com o que o cliente se guie pelos valores na hora de escolher o que comer, indo quase sempre no mais barato. Coloque os preços de forma discreta logo após a descrição dos protos. Outra dica bacana é sempre colocar preços quebrados. Valores inteiros dão a impressão de serem muito mais caros.

Pense na diversificação dos públicos e lucre com isso

Hoje em dia a demanda por tipos de alimentação específicas é muito grande. Existem pessoas vegetarinas, veganas, alérgicas e intolerantes a lactose por exemplo. Tente incluir esses públicos no seu estabelecimento. Dedique espaços exclusivos a eles no cardápio.

Estruture o cardápio

Em um restaurante uma refeição completa consiste de entrada, prato principal e sobremesa. Reserve espaços específicos também para as bebidas e aperitivos. Monte o seu cardápio seguindo a ordem da alimentação do seu cliente. Distribua primeiro os aperitivos, seguidos das entradas, pratos principais, sobremesas e bebidas.

Use a tecnologia em seu favor

O tamanho ideal de um cardápio para bares e restaurantes é de no máximo 6 páginas. Dependendo da quantidade de pratos servidos as vezes fica difícil incluir todas as descrições e fotos nele. Uma boa alternativa para isso é investir também em um cardápio digital. Caso seu estabelecimento tenha um site disponibilize o seu cardápio lá. Alguns ajustes deverão ser feitos mas nada muito complicado. Não esqueça de caprichar nas fotos na versão online do cardápio.

Comentários