8 dicas para fazer o controle de estoque do seu estabelecimento

Uma coisa muito importante em qualquer negócio do ramo da alimentação, mas que acaba sendo deixada de lado por muitos donos de bares e restaurantes, é o controle de estoque. Saber como gerenciar todos os produtos alimentícios e bebidas armazenados no estoque é fundamental para o sucesso de qualquer negócio do setor. Mas essa é uma tarefa que requer cuidados. Para te ajudar nesse processo vamos dar algumas dicas para fazer o controle de estoque do seu estabelecimento.

8 dicas para fazer o controle de estoque do seu estabelecimento

Ficha técnica para pratos e drinks

Após montar seu cardápio de bebidas e alimentados liste cada ingrediente necessário para produção desses itens. Após isso monte uma planilha com os custos desses ingredientes e a quantidade necessária de cada um deles. O custo total da refeição vai surgir a partir disso.

Controle de entrada de mercadorias

Conferir e registrar as mercadorias recebidas, antes do armazenamento é fundamental para a gestão do estoque. É nesse momento que é possível verificar informações como data de entrega, quantidade e padrão de qualidade.

Classificação de insumos                                   

Guarde todas as notas e cupons de compra e classifique os alimentes de acordo com o tipo.  Isso vai facilitar na hora da busca por eles para preparação dos pratos e também para identificar os que estão em falta ou em excesso. Separa os alimentos também é essencial para preservar suas qualidades individuais, não misturando cheiros e evitando contaminações.

Espaço físico

Sempre é tentador comprar muitos produtos na promoção para encher o estoque para longos períodos. No entanto, é preciso ter atenção ao espaço disponível para armazenamento e também a validade dos produtos. Se o espaço não for adequado pode acabar comprometendo a qualidade dos ingredientes, e, consequentemente, do prato final.

Limpeza

Organize seu estoque de forma que facilite a limpeza frequente do espaço e evite, assim, o surgimento de umidades, insetos e contaminações. Não empilhe os alimentos e nem os deixe no chão ou próximo de lugares úmidos.

Organização dos perecíveis e não perecíveis

Os alimentos não perecíveis devem ser mantidos em suas embalagens originais e guardados preferencialmente em prateleiras acima do nível do chão. Já os perecíveis devem ser guardados em refrigeradores.

Ordem de validade

Essa é óbvia, mas muita gente esquece. Armazene os produtos, perecíveis ou não, de acordo com a data de validade deles, sempre com os mais próximos de vencer na frente. Dessa forma o risco de desperdício e de usar produtos vencidos por acidente diminui consideravelmente.

Controle de saída

Da mesma forma que os alimentos são controlados após a compra, também devem ser verificados à medida que forem sendo utilizados. Isso facilita saber quais produtos estão tendo mais saída, além de dificultar possíveis perdas por falta de utilização e roubos.

Agora que já tem uma ideia básica de como fazer o controle de estoque do seu estabelecimento que tal aprender também a fazer a limpeza adequada da sua cozinha industrial?

Comentários